Sete armas que se perderam no tempo

A Mult Stamp trabalha com a fabricação de peças para a industria de armas de fogo e sabe que elas existem para diversas funções, desde o esporte até a defesa pessoal. Ao longo da história, foram fabricadas armas de diversos tipos, mas nada igual a lista que estamos prestes a apresentar agora:

Revólver de alta capacidade

Antes da pistola semi-automática existir,uma arma inventada na França em 1823, podia carregar 20 balas, fazendo com que o tambor percorresse um percurso elíptico a cada disparo.

revolver alta cap

Fuzil com munição subaquática

A APS Underwater Assault Rifle, criada pela União Soviética, podia ser fatal a uma distância de até 30m e uma profundidade de 5m (e também funcionava em terra firme, claro).

água

Pistola de gaita

Parecido com o revólver de alta capacidade, a pistola de gaita foi uma tentativa de expandir a capacidade de tiros, usando um carregador que se deslocava horizontalmente a medida que os disparos eram feitos.

gaita

Pistola-cutelo

No começo das armas de porte, era comum que invetassem uma mistura entre dois tipos de armas (pistola-cutelo). Um exemplo conhecido desse tipo de arma foi o Dumonthier B.S.G.D.G francês, um revólver de seis tiros com uma faca forjada ao cano.

cutelo

Glove Pistol

Diretamente de Bastardos Inglórios surge a “pistola de luva”, usada para missões especiais. Era, basicamente, uma mini arma acoplada em cima de uma luva pesada.

glove

Pé de pato

Essa arma era a preferida de capitães, carcereiros e outros combatentes que queriam enfrentar mais um oponente ao mesmo tempo. A arma possuía vários canos dispostos um do lado do outro, ficando com uma aparência semelhante a um pé de pato.

pedepato

Revólver Pepper-box

Essa arma inspirou todos os revólveres modernos que vieram depois. A Pepper-box tinha o objetivo de aumentar o número de disparos adicionado mais canos a arma, assim o usuário poderia dar vários disparos de uma vez sem precisar recarregar.

pepper